A Consulta

Exame físico
Aferição de pressão arterial, peso, palpação da tireóide.

Anamnese
A história detalhada sobre o início e evolução do quadro, antecedentes pessoais e familiares, hábitos de vida.

Exames complementares
Podem ser úteis análises de exame de sangue, exames de imagem (ex. Ultrassonografia de Tireóide, USG Transvaginal), densitométrias ósseas.

Tratamento
A necessidade ou não de instituição de abordagem medicamentosa é avaliada após a análise dos demais fatores, devendo-se avaliar cada caso individualmente.

Bioimpedância
É uma técnica de análise da composição do corpo que tem por base a diferença de condutividade elétrica e impedância entre a massa magra e o tecido adiposo, em relação a água. Por ter maior teor de eletrólitos, a massa magra apresenta maior condutividade e menor impedância, de modo a se determinar o percentual de massa magra e tecido adiposo na pessoa em questão. Para tanto, o paciente deve se posicionar em uma plataforma, semelhante a uma balança convencional, que apresenta eletrodos, havendo a passagem de uma corrente elétrica de baixa intensidade. Os braços do paciente são posicionados perpendicularmente ao seu eixo, de modo que os sensores sejam apreendidos pelas mãos. Vale ressaltar que é um método bastante confiável para avaliar massa magra e gorda, podendo ter seus resultados prejudicados em casos de desidratação, febre, obesidade extrema e desequilíbrios eletrolíticos.